Com alta nos preços dos grãos, procura por terra e arrendamento aumenta no RS

A alta nos preços dos grãos, uma safra de verão com bons resultados e a valorização da pecuária animam os produtores rurais do Rio Grande do Sul, onde surgem investidores em busca de novas terras para compra ou arrendamento.

O momento é de alta procura por fazendas e negócios são fechados rapidamente. Esse é o caso de Giovanni Migliorini, um produtor rural que comprou sua mais nova propriedade no município de Jaguarão, na fronteira com o Uruguai. Por lá, ele pretende estabelecer o plantio de soja, milho e criação de gado de corte. Segundo ele, a ótima conjuntura econômica do agronegócio ajudou na tomada de decisão.

“Eu acredito que as expectativas futuras para as agroindústrias brasileiras são extremamente favoráveis. Estamos vivendo um novo ciclo de valorização das commodities. Isso se dá, principalmente, pela forte demanda, crescente e contínua da China, o que deve perdurar pelos próximos anos, sem dúvida alguma”, falou.

O produtor explica que China teve que mudar o sistema produtivo de suínos e, com isso, a demanda por grãos aumentou, junto com o preço. “Também tivemos o aumento do consumo per capita de proteínas. O Brasil tem um potencial incrivelmente favorável para ser o fornecedor dessa maior demanda. Isso significa mais renda, mais exportação, mais tecnologia empregada no campo”.

Negócio em família
Juarez Nascimento e o irmão compraram uma área de 348 hectares, em Eldorado do Sul, também no Rio Grande do Sul, com a finalidade de plantar milho, soja, pastagens e cereais de inverno. Ele percebe uma movimentação no mercado de novos investidores que enxergam a compra ou o arrendamento de terras como uma boa oportunidade de negócio.

“Nós somos dois agrônomos, família de agrônomos, trabalhamos na terra e juntamos uma reserva de 18 anos plantando para comprar essa área. Realmente, estão aquecidos os negócios de terras no Rio Grande do Sul, assim como acredito que em todo o Brasil, em virtude da valorização dos preços das commodities agrícolas. Eu acho que vai ter muita gente fora do negócio querendo comprar terras para investir como um ativo, até para arrendar também, ganhar dinheiro”, disse Juarez, que também é presidente da Cooperativa Agrícola Tupanciretã (Agropan).

Perfil dos investidores
Maurício Escobar e Alexandre Gama, que lideram a Imobiliária Estância do Pampa, especializada em fazendas tanto no Brasil como Uruguai, notaram uma mudança no perfil dos compradores de terras nos últimos meses e maior velocidade para fechar as negociações.

“Nós temos casos aqui na imobiliária em que visitamos uma propriedade pela manhã e, à tarde, estávamos sentados com os proprietários para resolver a minuta de contrato e finalização do negócio. Não temos dúvidas que acelerou a tomada de decisão, muito em razão do preço das commodities e do alto consumo, em razão da pandemia [ de Covid-19]”, disse Maurício.

Para Alexandre, a compra de terra virou garantia de lucratividade e tem atraído investidores de outros segmentos. “Em curto ou médio prazo, não enxergamos nenhuma chance de desaceleração tanto na procura quanto na oferta de fazendas e nem na realização de negócios, tanto para empresários investidores ou produtores rurais que voltaram às compras, através do bom momento das commodities agrícolas no país”.

Para Alexandre, a compra de terra virou garantia de lucratividade e tem atraído investidores de outros segmentos. “Em curto ou médio prazo, não enxergamos nenhuma chance de desaceleração tanto na procura quanto na oferta de fazendas e nem na realização de negócios, tanto para empresários investidores ou produtores rurais que voltaram às compras, através do bom momento das commodities agrícolas no país”.

❗Vídeo publicado em 04/05/21 no programa Rural Notícias

✅ Gostou desse conteúdo?
✍ Deixe seu comentário
📢 Compartilhe com os amigos
✔ Siga o Canal Rural nas redes sociais:
Siga o Canal Rural nas redes sociais e receba conteúdos exclusivos:
Facebook: https://www.facebook.com/canalrural/
Instagram: https://www.instagram.com/canalrural/
Twitter: https://twitter.com/canalrural
LinkedIn: https://www.linkedin.com/company/canalrural/

Acesse o site do Canal Rural e fique por dentro de todas as notícias do mundo agro:

http://www.canalrural.com.br

Assista ao Mercado & Companhia e ao Rural Notícias de segunda a sexta através do Canal Rural pela TV.

Assista também pela sua TV:
NET: 185 e 685
Sky: 164
OiTV: 179
ClaroTV: 185
Parabólica Analógica: banda C na Star One C2
Parabólica Digital: Star One C2

#terras #agronegócio #rural

You May Also Like