RS: setores divergem sobre valor de referência do litro pago ao produtor de leite

O Conselho Paritário de Produtores e Indústrias de Leite do estado do Rio Grande do Sul anunciou que os parâmetros utilizados para calcular o valor de referência pago ao produtor no estado vão mudar a partir de maio. No entanto, a Federação de Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul (Fetag), se mostrou contrária à divulgação do valor de abril, alegando que o preço foi elaborado usando uma base de custos de produção superada.

Segundo o presidente da Fetag, Carlos Joel da Silva, o método para o cálculo de preços está desatualizado. “O que acontece é que os parâmetros que discutem o custo de produção foram construídos em 2016 e não houve uma recomposição e, com isso, temos o custo considerado para definir o preço de referência a menos de R$ 1”.

“As empresas estão trabalhando acima do preço de referência para cumprir e assim obter os benefícios fiscais do estado, mas é preciso alinhar para chegar ao custo real”, completa.

❗Vídeo publicado em 28/04/21 no programa Rural Notícias

✅ Gostou desse conteúdo?
✍ Deixe seu comentário
📢 Compartilhe com os amigos
✔ Siga o Canal Rural nas redes sociais:
Siga o Canal Rural nas redes sociais e receba conteúdos exclusivos:
Facebook: https://www.facebook.com/canalrural/
Instagram: https://www.instagram.com/canalrural/
Twitter: https://twitter.com/canalrural
LinkedIn: https://www.linkedin.com/company/canalrural/

Acesse o site do Canal Rural e fique por dentro de todas as notícias do mundo agro:

http://www.canalrural.com.br

Assista ao Mercado & Companhia e ao Rural Notícias de segunda a sexta através do Canal Rural pela TV.

Assista também pela sua TV:
NET: 185 e 685
Sky: 164
OiTV: 179
ClaroTV: 185
Parabólica Analógica: banda C na Star One C2
Parabólica Digital: Star One C2

#leite #pecuária #agronegócio

You May Also Like