Seca prejudica oferta de silagem do rebanho leiteiro em SC

Além de ter impacto na oferta de milho em Santa Catariana, a seca também reduziu a disponibilidade de silagem no estado. Segundo o vice-presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc), Enori Barbieri, dos 530 mil hectares cultivados no estado, 220 mil são de silagem.

“Não apenas a seca, mas a cigarrinha impactou muito a produção de milho, que acabou levando quase metade da safra comercial, mas afetou ainda mais o milho silagem. Com uma seca de 40 dias não tivemos como fazer silagem para as vacas”, comenta.

Segundo o dirigente da Faesc, a esperança é que a chuva dos últimas dias possa melhorar as condições das pastagens, e amenizar as perdas na produção de leite, que devem chegar a 40% neste ano. “Esperamos que a pastagem possa ao menos germinar e trazer alento aos produtores, pois com uma saca de milho a R$ 110 e o farelo a R$ 2600 o produtor não consegue ver um custo-benefício na atividade”, destaca Barbieri.

❗Vídeo publicado em 12/05/21 no programa Rural Notícias

✅ Gostou desse conteúdo?
✍ Deixe seu comentário
📢 Compartilhe com os amigos
✔ Siga o Canal Rural nas redes sociais:
Siga o Canal Rural nas redes sociais e receba conteúdos exclusivos:
Facebook: https://www.facebook.com/canalrural/
Instagram: https://www.instagram.com/canalrural/
Twitter: https://twitter.com/canalrural
LinkedIn: https://www.linkedin.com/company/canalrural/

Acesse o site do Canal Rural e fique por dentro de todas as notícias do mundo agro:

http://www.canalrural.com.br

Assista ao Mercado & Companhia e ao Rural Notícias de segunda a sexta através do Canal Rural pela TV.

Assista também pela sua TV:
NET: 185 e 685
Sky: 164
OiTV: 179
ClaroTV: 185
Parabólica Analógica: banda C na Star One C2
Parabólica Digital: Star One C2

#leite #pecuária #estiagem

You May Also Like